terça-feira, 8 de setembro de 2009

[alguns filmes - agosto]


Esses foram os filmes que assisti no mês de agosto (não tão produtivo quanto os meses anteriores, é verdade), e que ainda não haviam sido comentados aqui no blog:


A Garota Ideal
Lars and the Real Girl, 2007
Craig Gillespie

Falsa Loura
Falsa Loura, 2007
Carlos Reichenbach

Valsa com bashir
Waltz with Bashir, 2008
Ari Folman

Estamira
Estamira, 2006
Marcos Prado

Profissão: Repórter
The Passenger, 1975
Michelangelo Antonioni

Leonera
Leonera, 2008
Pablo Trapero

O Veredicto
The Verdict, 1982
Sidney Lumet

Se Eu Fosse Você 2
Se Eu Fosse Você 2, 2009
Daniel Filho

5 comentários:

Rafael Carvalho disse...

Bem, adoro A Garota Ideal, um filme que podia cair facilmente na comédia pastelão e ridicularizar seu personagem, mas surpreende justamente por tratá-lo com muito respeito e maturidade. Acaba que não é uma comédia, mas uma drama romântico. Ryan Goslin está impecável.

Falsa Loura é outro filme que eu adoro e o mais interessante é que o Reichenbach tem um filme anterior, Garotas do ABC, que possui a mesma temática desse aqui, mas é muito ruim enquanto Falsa Loura é assumidamente brega, mas possui uma verdade muito grande no tratamento dessa personagem extremamente feminina. A cena final é forte e bastante melancólica. Filmão.

Já Valsa com Bashir foi bem criticado por aí, mas não entendi tanta reclamação porque a história é das mais interessante e fortes, além de contar com um visual sensacional. Depois que Up - Altas Aventuras se mostrou somente mais um filme legal da Pixar, Valsa é a melhor animação do ano até agora pra mim.

Estamira é um choque. Do discurso louco e descontrolado daquela mulher surgem verdades interessantes sobre o ser humano, mas também revela um processo de desestruturação da própria pessoa. Acho a estética do filme sensacional.

Já Leonera é uma obra que confirma a boa fase do cinema argentino, cada vez mais forte. Aqui, o Trapero acompanha o martírio dessa mulher que se decobre mãe numa situação limite e precisa enfrentar isso com toda garra. A câmera só faz acompanhar os descaminhos da personagem e nunca a julga, o que é melhor.

E Se Eu Fosse Você 2 é mais um desperdício do nosso cnema, algo que já deveria ser esperado vindo de quem vem, sendo continuação do que é. Espero que não continuem com a franquia, mas pelo sucesso estrondoso (e surpreendente) de público que teve, acho difícil pararem.

Bem, quero muito ver Veredicto, mas Profissão: Repórter tá mais à frente na minha lista.

Abraço velho!

Wallace Andrioli Guedes disse...

Olá, Rafael. Fico feliz com esses seus longos comentários. Acaba que me dá oportunidade de falar aqui um pouco sobre os filmes...
Então, A Garota Ideal não me comoveu como esperava, mas concordo contigo quanto ao Gosling, que tá fantástico, e quanto a esse afastamento acertado de um tom cômico.
Também gostei de Falsa Loura, a Mulholland é excepcional, só achei o filme meio irregular. E tenho curiosidade quanto ao Garotas do ABC...
Bashir tem lá seus defeitos, mas é um filmaço... tem cenas antológicas.
Estamira é exatamente isso que você disse, acho aquela mulher fascinante!
Se Eu Fosse Você 2 é lamentável. Em quase um ano de blog, essa foi apenas a segunda vez que dei a cotação mais baixa para um filme...
E assista O Veredicto, Rafael, é fabuloso! Talvez seja a melhor interpretação do Paul Newman.
Abraço!

cinevita disse...

Vi apenas: Falsa Loura (****) e Se Eu Fosse Você 2 (**).

Rafael Carvalho disse...

Pois é Wallace, eu acabo me empolgando e falando demais nos comentários. E coloquei O Veredicto na minha lista de filmes a assistir. Vamos ver se eu me animo. Abraço!!!

Wallace Andrioli Guedes disse...

Que nada, Rafael, eu peço que vc continue assim. Acho ótimo, de verdade.